Translate

Enquanto o Brasil tenta distribuir o kit gay, na Argentina crianças recebem kit de prevenção a corrupção



O governo argentino criou uma espécie de “kit anticorrupção” para ser distribuído a 1 milhão de alunos do ensino médio no país.

O objetivo é fazer com que os adolescentes reflitam sobre o assunto ao mostrar que atitudes transgressoras nascem em pequenas ações como colar em uma prova na escola.

O material de 62 páginas foi criado pelo Departamento Anticorrupção e traz também um vídeo ficcional com a história de um jovem que rouba as respostas de um exame de inglês, mas tempos depois não consegue arranjar emprego por não dominar a língua.

De acordo com o jornal argentino Clarín, o guia tenta conscientizar os jovens de que a “corrupção está profundamente enraizada em um traço cultural.”

Para ilustrar a mensagem, o texto compara a atitude de um funcionário público que desvia dinheiro destinado a hospitais a de uma pessoa que pega transporte público sem pagar passagem.

O kit afirma ainda que algumas ações, como jogar papel na rua, por menores que possam parecer, podem influenciar outras pessoas o que causaria entupimento de ralos e canais e, consequentemente, inundações. E estas enchentes são responsáveis, muitas vezes, pela morte de pessoas.

A divulgação de que o Departamento Anticorrupção fez um convênio com o Ministério da Educação para utilizar o guia nas aulas de Formação Ética e Cidadania causou polêmica. Os críticos dizem que o conteúdo minimiza a corrupção por parte de políticos do Estado.


Fonte: R7
Comentario de Julio César - O Proponente

Trabalhando com escolas, chego a conclusão que esse modelo de kit ( O ANTICORRUPÇÃO) deve ser distribuido primeiro aos pais brasileiros que jogam toda a responsabilidade de Educar Moralmente para as escolas públicas. Me enoja ver o baixíssimo nível de educação que temos nas escolas publicas do Brasil, me enoja saber que escolas como a EE Salvador Allende (situada na COHAB 2 Zona Leste de SP)  está jogada as traças, os diretores não tem continuidade no trabalho, o Estado (secretaria da educação) não fornece subsidios para que a escola tenha uma estrutura descente, o Estado tambem tira a Segurança das escolas favorecendo a entrada de BANDIDOS, MARGINAIS DE TODA A NATUREZA que fazem da escola e seu corpo doscente de gato e sapato. Sou a favor da polícia dentro da escola e não escondo minha vontade, pois pelo menos é a unica forma que eu enxergo pra essa maquina estragada do Estado fazer alguma coisa pela segurança de seus cidadãos.

About Julio César

1 comentários:

  1. Excelente post, adorei!
    Bom seria também se o governo cria-se ao invés de um "kit gay", um kit anti-preconceito. Isso não apenas voltado ao homossexualismo, mas todo o tipo de preconceito e discriminação. Seja contra etnia, credo religioso, pensamento, cultura, times de futebol, homossexualismo e outros grupos e pessoas que sofrem segregação por parte da sociadade. E por incrível que pareça, o Brasil com toda a sua diversidade cultural, é um dos países mais intolerantes do mundo... creio que só perca para os países de regime ditatorial, como ao exemplo da China.

    ResponderExcluir

Sua opinião é importante.
-Não Publicamos Criticas de anonimos. Quer criticar? identifique-se!

- Não use "CAIXA ALTA"

- Antes de comentar, tenha certeza de que você entendeu o que acabou de ler, para que possa fazer um comentário relevante e dentro do contexto.

-Posts com ofensas a usuários e ao blog não serão publicados.

Para os "Crentássos alienados"
-Se você vier com aqueles papinhos de "Não toqueis no ungido do Senhor"! Segue nossa resposta prontinha pra você.
http://oproponente.blogspot.com/2010/01/nao-toqueis-no-ungido-do-senhor.html

Comente e volte para ver a resposta.
Obrigado pela visita

Leonard Ravenhill- Os Elias de Deus