quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Falsos Profetas - "Pregadores Moderninhos"

Os falsos profetas: (Mateus 24.11) - E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
Os Falsos profetas são aqueles que falsamente reivindicam o anúncio das revelações vindas de Deus, para predizer eventos futuros ou ter o poder de Deus para realizarem milagres, sinais e maravilhas. Na bíblia os falsos profetas representam a três categorias.
1 – Aqueles que adoravam falsos deuses e serviam a ídolos. 2 – Os que falsamente afirmavam receber mensagem do Senhor. 3 – Aqueles que se desviaram das verdades e deixaram de serem profetas.
Dt 13.1-18 nos fala sobre a punição daqueles que abandonaram a fé. Nestes versículos, nós vemos a ordenança para qualquer profeta que defendesse a adoração a outros deuses eram condenados a morte, sendo apedrejados.
Os falsos profetas, tem se levantado no seio da própria igreja. Se esta lei (Dt 13.1 - 18) fosse aplicada nos dias atuais, muitas igrejas fechariam, pois muitos pastores seriam apedrejados.
No reinado de Acabe sobre Israel, falsos profetas foram aprovados por ele e sua esposa Jezabel. 1Rs nós vemos claramente a batalha de Elias contra os 450 profetas de Baal, e dos 400 profetas de poste-idolos que comem da mão de Jezabel ( 1 Rs 18.29). Os falsos profetas, sempre falam o que o povo gosta de ouvir, e não o que Deus quer falar. Em 1Rs 22.1 – 28 vemos que os 400 profetas falaram ao rei Acabe, o que ele gostara de ouvir. Profetizaram que ele sairia vitorioso dessa batalha, que nenhum mal iria prevalecer contra ele, mas houve um profeta usado por Deus (verdadeiro profeta), que disse a Acabe: Esta vitoria não é sua. Este por ser usado por Deus foi aprisionado e tratado a pão e água (O profeta Micaías). Uma característica constante dos falsos profetas é que eles normalmente se encontram a serviços dos poderosos, proferindo palavras agradáveis, positivas aos seus patrões. Jeremias condenou os falsos profetas que sempre diziam: “Paz... Paz”, quando não havia paz (Jr 6.14: 8.11). Os falsos profetas pregavam uma mensagem popular porem falsas. Jeremias nos diz: “Os profetas profetizam falsamente..., e é o que deseja meu povo”. Jeremias era um verdadeiro profeta do Senhor. Pagou um preço por preservar a sã doutrina. Tinha cuidado em fazer tudo que o Senhor lhe ordenava. Falava com a autoridade que lhe era outorgada diretamente pelo Espírito Santo. Sabem qual foi o resultado? Os falsos profetas foram recompensados pelo rei, pois falavam o que ele queria ouvir. Jeremias porem foi lançado no calabouço (Jr 38.6). Essas palavras são verdadeiras para nós hoje. Os falsos profetas ganham estatus de "homens valorosos de Deus", "homens poderosos", enquanto aqueles que preservam as doutrinas biblicas, são tachados como fariseus, religiosos e filhos do diabo. Acordem Igreja!!!!!!! Acordem!!!!!

0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é importante.
-Não Publicamos Criticas de anonimos. Quer criticar? identifique-se!

- Não use "CAIXA ALTA"

- Antes de comentar, tenha certeza de que você entendeu o que acabou de ler, para que possa fazer um comentário relevante e dentro do contexto.

-Posts com ofensas a usuários e ao blog não serão publicados.

Para os "Crentássos alienados"
-Se você vier com aqueles papinhos de "Não toqueis no ungido do Senhor"! Segue nossa resposta prontinha pra você.
http://oproponente.blogspot.com/2010/01/nao-toqueis-no-ungido-do-senhor.html

Comente e volte para ver a resposta.
Obrigado pela visita